Centenário do Sinduscon-Rio será celebrado durante Encontro Nacional

Um século de trajetória que se mistura com a história e o desenvolvimento econômico e social do Rio de Janeiro. O centenário do Sindicato da Indústria da Construção no Estado do Rio de Janeiro (Sinduscon-Rio) é tão emblemático que será celebrado com um jantar, no encerramento do 91º Encontro Nacional da Indústria da Construção (Enic), que acontece até a sexta-feira (17), na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A entidade é uma das anfitriãs do evento, realizado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC).

O início da história do Sinduscon-Rio está intimamente ligado ao período de reforma urbana da cidade, capitaneada pelo prefeito Pereira Passos, no início dos anos de 1900, e, ao longo de 100 anos, a entidade vem acompanhando a evolução e a diversificação de atividades ligadas à construção civil, mantendo o espírito de luta pelos direitos das empresas e dos trabalhadores e realizando ações concretas para o fortalecimento da indústria. Essa é a opinião do presidente da entidade, João Manuel Fernandes, que assumiu o cargo, em outubro de 2018, no lugar de Roberto Kauffmann.

“O centenário do Sinduscon-Rio é bastante simbólico e uma oportunidade para lembrarmos da história da entidade, que foi, e ainda é, tão importante para o estado. Temos que recordar, mas também olhar para frente e estarmos atentos às inovações tecnológicas”, resume Fernandes.

O presidente tem como pilares o desenvolvimento e a modernização e pretende organizar encontros para tratar de temas pertinentes ao setor.

Na mesma linha do slogan do 91º Enic, Vamos pensar o futuro?, João Fernandes trabalha para ajudar a desenvolver as pequenas construtoras e os subempreiteiros do Rio de Janeiro. Também estão na agenda da entidade a criação de um aplicativo de celular para ajudar empresários a administrar suas empresas à distância e a realização de cursos que visam à capacitação de empreendedores.

É uma trajetória de avanços significativos e marcos importantes. Neste ano, entre as conquistas, está o novo Código de Obras e Edificações Simplificado (COES), sancionado pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella. Para Kauffmann, o normativo, juntamente com a Lei de Uso e Ocupação do Solo, (em tramitação na Câmara Municipal), contribuirá para a retomada da indústria da construção civil no Rio. “O COES tornou-se mais moderno, objetivo e ágil para atender aos interesses da população”, disse ele.

 

Fonte: CBIC Hoje

Foto: Gustavo Miranda