NOTA OFICIAL SINDUSCON-RIO – TRAGÉDIA NA MUZEMA

NOTA OFICIAL

 

O Sinduscon-Rio, Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Rio de Janeiro, entidade representativa dos construtores formais, vem por seu Presidente João Manuel Martins Fernandes, solidarizar-se com os familiares das vítimas dos desabamentos ocorridos no dia de hoje na comunidade da Muzema, Zona Oeste de nossa cidade, ao tempo em que faz votos que a triste ocorrência se transforme num divisor de águas na fiscalização do regramento urbanístico e edilício do município.

Nesta oportunidade, reconhecendo que tal estado de coisas é fruto de uma cultura frouxa de fiscalização edilícia e urbanística, que vem se consolidando ao longo de administrações municipais anteriores, associada à falência do estado no combate às milícias aqui instaladas, vimos concitar as autoridades estaduais e municipais ao combate à construção ilegal, inclusive, até mesmo, com relação às legislações de “mais valia” que recorrentemente anistiam serviços e obras executados fora dos padrões e normas oficiais em construções formais.

Chega da cultura do “jeitinho” e do “ilegal, e daí!” – TOLERÂNCIA ZERO NA FISCALIZAÇÃO URBANÍSTICA E EDILÍCIA.

 

Rio de Janeiro, 12 de abril de 2019.

João Manuel Martins Fernandes

Presidente do Sinduscon-Rio